Para quem busca expandir sua visão interna.

curso+esoterico+de+cabala+fortaleza+ce+brasil__22919F_1

“Somente através da disseminação da sabedoria da verdade
entre as massas obteremos a completa redenção.”
Rabi Yehuda Ashlag, “Introdução ao Livro a Árvore da Vida”

“Se levarmos nosso coração a responder a uma só pergunta
muito famosa, estou seguro que todas as perguntas e dúvidas
desapareceriam do horizonte sem deixar rastros. Esta pergunta
amarga que se fazem todos os Seres Humanos é: Qual o sentido
de minha vida?
Ou seja, estes anos de vida que tanto nos custam, de abundante
dor e sofrimento que padecemos para levá-los a cabo,
quem é que deles desfruta, ou mais precisamente, a quem
deleita?”
Rabi Yehuda Ashlag,
“Introdução ao Estudo das Dez Sefirot”, item 2

Cada um de nós quer saber para que chegou
a este mundo, o que esperar do futuro, como
prevenir os sofrimentos e adquirir a paz e
segurança.

A Sabedoria da Cabala nos oferece respostas para estas perguntas e
muito mais. Ela abre ao homem, a possibilidade de fazer qualquer pergunta
e alcançar a experiência interna e pessoal que o satisfaça com respostas
absolutas e é por isso que se chama, “a Sabedoria do Oculto”.
O ponto de partida da Sabedoria da Cabala está no fato de que todos
nós queremos satisfação. Os cabalistas referem-se a isto como “o desejo
de receber prazer e deleite”. Este desejo é que impulsiona todas as ações,
pensamentos e emoções que conhecemos, tanto em nós mesmos como
ao nosso redor e a Sabedoria da Cabala nos explica de uma forma simples
e clara, como realizar este desejo.
É verdade que a Sabedoria da Cabalá faz uso de uma linguagem técnica,
mas é de suma importância que não percamos a direção; esta é, de
fato, a Sabedoria da vida!
Aqueles que chegaram a alcançá-la e que nos deixaram seus escritos
a respeito foram pessoas comuns como você e eu. Estes cabalistas alcan-
çaram a Sabedoria da Cabala através das mesmas buscas, das respostas às

mesmas indagações, como por exemplo: Para que vivemos? O que ocorre
depois da morte? Por que há sofrimentos no mundo? Como se pode chegar
à felicidade absoluta? etc.
Quando encontraram as respostas a estas perguntas, havendo-as realizado
de fato em suas vidas, as colocaram por escrito em livros, ensaios
e artigos para nós. Estas obras contêm explicações precisas, efetivamente
científicas, acerca de como alcançar esta sensação celestial de prazer infinito
combinado com a sensação de uma supremacia absoluta sobre o
caminho de nossa vida.
A Sabedoria da Cabalá nos ensina como desfrutar da vida aqui e agora.
Explica-nos toda classe de termos como o mundo por vir, as almas, as
reencarnações, vida e morte, os quais se referem unicamente aos estados
internos que experimenta o homem no transcurso de seu desenvolvimento
espiritual, enquanto vive aqui, neste mundo.
Portanto, nos sobra uma só pergunta: como poderemos chegar a obter
tais sentimentos? Como fazer para que se abra frente a nós o quadro completo
da realidade?
É sabido que cada um determina sua própria ordem de preferências. Há
assuntos mais importantes, menos importantes e há aqueles que preferimos
postergar para o dia seguinte. Classificamos a importância de nossos programas
de acordo com um só elemento: O propósito de nossa vida!

Há aqueles que estão dispostos a investir toda classe de esforços e recursos
no amor, outros no dinheiro, na fama ou conhecimento, mas quando se
envolvem em um só prazer, descuidam dos demais. Portanto, a maioria das
pessoas preferem abster-se dos grandes desejos para evitar grandes perdas.
Quer dizer, se satisfazem com apenas um pouco de cada coisa e reprimem
qualquer desejo que exija demasiada atenção.
Ao criarem suas obras, os cabalistas definiram um só objetivo: demonstrar
ao homem como conseguir a vida eterna; uma vida cheia de alegria e
prazer ilimitados. Para alcançar este fim, mergulharam na investigação do
“desejo de receber prazer e deleite” do ser humano.
Os mais destacados cabalistas de nossos tempos são aqueles que nos
proporcionaram as explicações mais claras acerca das leis da Cabala. Rabi
Yehuda Ashlag, conhecido como “Baal HaSulam” (Proprietário da Escada)
por seu prestigioso comentário “Sulam”( (Escada) sobre o Livro do Zohar

(Livro do Esplendor) e seu filho, Rabi Baruch Ashlag que ampliou os comentários
e explicações de seu pai são os os cabalistas que nos guiam neste
caminho.
Foi um grande privilégio ser o discípulo e assistente pessoal do grande
cabalista – e o último de nossa geração – Rabi Baruch Ashlag. Fico muito
feliz em compartilhar com os leitores, com todo carinho e amor e de maneira
sensível, o que aprendi dele.

Rav Dr. Michael Laitman

Anúncios