Em seu aspecto mortal, o homem está dotado de uma natureza tríplice e anseia pela libertação de todas as formas de sofrimento, isto é:
energia_vital2

              1)     A cura das enfermidades corporais.

              2) A cura das enfermidades da mente – enfermidades psicológicas – tais como: o medo, a raiva, os maus hábitos, a consciência do fracasso, falta de confiança e iniciativa, etc.

              3) A cura das enfermidades do espírito, tais como: a indiferença,a falta de um propósito na vida, o dogmatismo e a soberba intelectual, o ceticismo, o satisfazer-se com o aspecto material da existência e a ignorância tanto das leis da vida como da divindade do homem.

        É de fundamental importância dar igual valor à prevenção e à cura destes três tipos de enfermidades simultaneamente.

        A maioria das pessoas fixa sua atenção na cura dos problemas físicos exclusivamente, por serem estes mais tangíveis e óbvios. Mas não se apercebe do fato de que as verdadeiras causas de todas as aflições humanas estão nas perturbações mentais – tais como a ansiedade, o egoísmo, etc.- e na cegueira espiritual, que impede de perceber o divino significado da vida.

        Uma vez que o homem tenha destruído em si as bactérias mentais da intolerância, da raiva e do medo, e tenha libertado sua alma do poder da ignorância, é muito pouco provável que sofra de enfermidades físicas ou de privações materiais.      

                                                             

COMO PREVENIR AS ENFERMIDADES FÍSICAS

        A obediência às leis físicas de Deus, constitui o melhor método para prevenir toda a enfermidade corporal.

          Evita os excessos na alimentação. Uma grande maioria de pessoas morre por causa de sua própria gula e de sua ignorância com respeito aos hábitos dietéticos corretos.

          Obedece as divinas leis de higiene. A prática da higiene da pureza mental é superior à higiene física mas nem por isso se deve desprezar a importância desta última. Não vivas, contudo, seguindo regras de higiene tão rígidas que ao menor desvio delas te perturbes.

           Previne o desgaste físico, mediante o domínio do método apropriado para conservar a energia física e para prover o corpo de uma inesgotável quantidade de energia vital, através da prática dos exercícios da Self Realization Fellowship.

           Previne o endurecimento das artérias por meio da dieta adequada.

           Evita submeter o coração a um trabalho excessivo; o medo e a raiva fatigam este órgão. Tanto através da prática do método da Self Realization Fellowship, como do cultivo da serenidade mental, oferece ao coração o repouso necessário.

           Se estimamos que a quantidade de sangue expulsa em cada contração dos ventrículos do coração soma em torno de 115 ml, este órgão moveria um peso equivalente a oito kilogramas de sangue em um minuto. Assim, pois, no lapso de um dia, o coração impeliria aproximadamente 12 toneladas de sangue e, em um ano este valor ascenderia a 4.000 toneladas. Estas cifras demonstram o enorme trabalho desenvolvido pelo coração.

           Geralmente considera-se que o coração repousa entre cada contração ( durante o período diastólico ou de expansão) sendo que receberia, a cada 24 horas, um descanso total de 9 horas. Este período diastólico, todavia, não corresponde a um verdadeiro repouso; mas sim, constitui simplesmente uma etapa de preparação para o movimento sistólico seguinte. As vibrações provocadas pela contração dos ventrículos reverberam através dos tecidos cardíacos durante seu relaxamento e, por tanto, o coração nunca se encontra realmente em repouso.

           Estando o músculo cardíaco submetido dia e noite a um contínuo desgaste de energia, naturalmente tende a extenuar-se. Por conseguinte, seria de considerável valor para a conservação da saúde, proporcionar a este músculo um repouso adequado. O controle consciente do sono, o aprender a dormir e a despertar à vontade, constituem parte do treinamento iogue, sendo uma das fases que capacita o homem para regular os batimento cardíacos. Quando se é capaz de controlar conscientemente o palpitar do coração, se alcançou o domínio sobre a morte. Tanto o descanso físico como a renovação da energia produzidos durante o sono normal, constituem somente um pálido reflexo da maravilhosa calma e fortaleza obtidas através do “sono consciente”, no qual, inclusive, o coração repousa.

           Disse S.Paulo (Coríntios 15:31): “pela glória que em ordem a vós outros tenho em Cristo Jesus, nosso Senhor, cada dia morro”, isto é, a santa paz que acompanha à Consciência do Cristo, descansa ou detém o coração. Numerosas são as passagens bíblicas que revelam o fato de que os antigos profetas dominavam a arte do repouso cardíaco, fosse através da meditação científica ou da total entrega espiritual a Deus.

           No ano de 1837, conhecido faquir hindu, chamado Sadhu Haridas, foi sepultado por ordem de Ranjit Singh, Maharajá de Punjab, como parte de um experimento rigorosamente controlado.

          Sob constante vigilância, este homem permaneceu enterrado durante 40 dias no interior de uma cavidade completamente amurada. Ao final do prazo, seu corpo foi desenterrado ante a presença de numerosos dignatários da corte,além de alguns cavalheiros ingleses, entre os quais estava o Coronel Sir C.M.Wade, de Londres. Sadhu Haridas reassumiu a respiração e se reintegrou à vida normal. Em um experimento anterior, dirigido pelo Rajá Dhyan Singh , em Jamu, Cachemira, Sadhu Haridas permaneceu sepultado durante 4 meses. Este homem havia dominado tanto a arte  de controlar como de fazer descansar o coração.

COMO PREVENIR AS ENFERMIDADE MENTAIS 
         Cultivar a paz e a confiança em Deus. Libera a tua mente de todo pensamento perturbador, preenchendo-a de amor e de alegria. Toma consciência da superioridade da cura do tipo mental sobre a terapia física. Afasta os maus hábitos, sob cuja influência tua vida se torna infeliz.

 

COMO PREVENIR AS ENFERMIDADES ESPIRITUAIS

           É possível tornar nossas mentes cada vez mais espirituais, mediante o método de libertar-nos de todo conceito de mortalidade e de mutabilidade, conceitos estes que limitam nosso ser. O corpo não é senão vibração materializada e deveria ser reconhecido como tal. A consciência da enfermidade, da decadência e da morte, pode ser desalojada por meio da compreensão científica tanto das profundas leis que unificam a matéria e o Espírito, como da qualidade ilusória da manifestação do Espírito em forma de matéria, do Infinito em forma finita. Crê firmemente que foste criado à imagem do Pai e que, portanto, és imortal e perfeito.

            A ciência já comprovou inclusive que a mais ínfima partícula de matéria ou a menor onda de energia, são indestrutíveis; a alma – ou a essência espiritual do homem – é também indestrutível.

            A matéria sofre mudanças; a alma sofre experiências mutatórias. Às mudanças radicais se denomina morte; mas a morte – ou a mudança da forma física – não altera nem destrói a essência espiritual.

            Numerosos são os métodos de concentração e de meditação que costumam ensinar, mas os métodos da Self Realization Fellowship são os mais efetivos. Aplica em tua vida diária a paz e o equilíbrio que experimentares durante a prática da concentração e da meditação.Conserva tua equanimidade inclusive em meio a circunstâncias difíceis. Não te deixes dominar por emoções violentas; mesmo em frente aos acontecimentos mais adversos, ergue-te imperturbável.

Anúncios